Concursos e Seletivos

Todas

TV ImperaNews

Videos

Prefeitura prepara I Semana do Empreendedor para este mês

Nenhum comentário
A meta é atingir pelo menos 10 mil cadastrados. (Foto: Assessoria)
IMPERATRIZ - Nos próximos dias 29, 30 e 31, na Universidade Aberta do Brasil (UAB), acontece a primeira edição da Semana do Empreendedor, organizada pela Prefeitura, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec). Entre as atividades da programação estão palestras, oficinas e plantão de orientações empresariais. Foco é orientar profissionais e esclarecer sobre formalização das empresas.

A Semana tem a participação de todas as secretarias municipais, com 14 agentes de desenvolvimento, que “são profissionais que mapeiam as demandas dos empreendedores de Imperatriz, para dinamizar o acesso à informação de mercado e técnicas mais atualizadas de gestão” – explicou o diretor de departamento da Sedec, José Maia.

Ele explica que, atualmente, o número de microempreendedores individuais devidamente formalizados chega a oito mil na cidade. Mas a meta é atingir pelo menos 10 mil cadastrados.

Para a manhã, do dia 29, está marcado o plantão de orientações sobre gestão, obrigações e benefícios. À tarde, três oficinas sobre serviços oferecidos pela Sala do Empreendedor, os benefícios da formalização e sobre como empreender. No dia 30, a palestra “Como Participar de Vendas para Órgãos Públicos” e, 31, sobre Educação Financeira.

O secretário da Sedec, Eduardo Soares, enfatiza que a formalidade das empresas é positiva para o empreendedor e o desenvolvimento local – “regularização possibilita acesso ao crédito, seguridade social e é uma garantia para a família. É interessante para o desenvolvimento do município, que arrecada com a formalização”.

A programação é aberta ao público e os interessados devem comparecer, na semana que antecede o evento, à Sala do Empreendedor, Rua Bom Futuro, anexo à Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII) e preencher formulário. Serão ofertadas 40 vagas para cada oficina.

Acompanhe mais informações no Portal ImperaNews e por meio da página na rede social: www.fb.com/portalimperanews.

PAES 2018: Inscrições para o vestibular da Uemasul são prorrogadas

Nenhum comentário
Em Imperatriz, 435 vagas são oferecidas em 13 cursos presenciais. (Foto: ImperaNews)
IMPERATRIZ - Foram prorrogadas até o dia 14 de agosto de 2017 as inscrições do Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (PAES 2018), que oferece mais de 4 mil vagas em cursos de graduação presenciais, sendo 565 delas nos campi da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (Uemasul). Nos campi da Uema são ofertadas 3.879 vagas.

As inscrições podem ser realizadas por meio do endereço eletrônico: www.paes.uema.br. O valor da taxa de inscrição é de R$ 85,00. O candidato isento do pagamento do valor de inscrição, para o PAES 2018, deverá, obrigatoriamente, se inscrever no vestibular.

A Uemasul está oferecendo 435 vagas para Imperatriz e outras 130 para o campus de Açailândia. Em Imperatriz, as vagas são para os cursos de Administração, Agronomia, Ciências Biológicas, Engenharia Florestal, Física, Geografia, História, Letras (Português ou Inglês), Matemática, Medicina Veterinária, Pedagogia e Química.

Já em Açailândia, as vagas são para os cursos de Administração, Engenharia Civil, Letras (Português) e Tecnologia em Gestão Ambiental. As vagas dos dois campi são para início no primeiro e segundo semestres de 2018.

Provas

As provas serão realizadas em duas etapas, a 1ª etapa no dia 22 de outubro e a 2ª no dia 26 de novembro de 2017. A primeira prova é constituída de 60 (sessenta) questões objetivas de múltipla escolha, por área de conhecimento, abrangendo os conteúdos programáticos dos componentes curriculares que integram o ensino médio. A segunda etapa é constituída de 12 (doze) questões analítico-discursivas, abrangendo conteúdos programáticos de 2 (dois) componentes curriculares que integram o ensino médio, específicos por curso, e prova de produção textual.

Serão convocados para a segunda etapa do PAES 2018 os candidatos incluídos até o quádruplo do número de vagas oferecidas por curso, turno, centro, e campus da Uema e da Uemasul. A relação dos candidatos convocados para a 2º etapa do PAES 2018 será divulgada no dia 14 de novembro de 2017.

As provas do vestibular serão realizadas nas cidades de Imperatriz, Açailândia, São Luís, Caxias, Bacabal, Balsas, Santa Inês, Timon, Grajaú, Lago da Pedra, Coelho Neto, Itapecuru-Mirim, Zé Doca, Colinas, São João dos Patos, Barra do Corda, Codó, Pinheiro, Presidente Dutra e Coroatá.

Veja edital completo aqui.

Acompanhe mais informações sobre esse e outros concursos no Portal ImperaNews e por meio da página na rede social: www.fb.com/portalimperanews.

UFMA abre concurso público com 40 vagas para técnico-administrativo

Nenhum comentário
As vagas são oferecida em Imperatriz e em outras seis cidades. (Foto: ImperaNews)
IMPERATRIZ - A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) abriu concurso público para oferta de 40 vagas no quadro de pessoal Técnico-Administrativo em Educação. As oportunidades são para profissionais de nível fundamental, nível médio (e técnico) e nível superior, com salários que variam de R$ 1.945,07 a R$ 4.180,66 para carga horária semanal de 40h.

Além de Imperatriz, são ofertadas vagas imediatas nos campi de São Luís, Bacabal, Balsas, Chapadinha, Codó e Pinheiro. A distribuição das vagas por campus pode ser consultada clicando no botão abaixo:



O concurso será realizado por meio de provas objetivas, previstas para serem aplicadas no dia 29 de outubro de 2017, período da manhã, apenas em São Luís. A organização do certame está sob a responsabilidade do Núcleo de Eventos e Concursos (NEC) da universidade.

Os interessados em participar do concurso devem se inscrever pela internet a partir das 10h da manhã do dia 14 de agosto de 2017, no site de concursos da UFMA. O prazo para realizar inscrição encerra no dia 08 de setembro. A taxa de inscrição custa R$ 45,00 para nível fundamental, R$ 60,00 para nível médio/técnico e R$ 100,00 para nível superior. É possível solicitar isenção do valor, conforme normas que constam a partir do item 7.9 do edital.

A validade do concurso será de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, dependendo da necessidade da instituição. O edital de abertura pode ser consultado aqui.

Acompanhe mais informações sobre esse e outros concursos no Portal ImperaNews e por meio da página na rede social: www.fb.com/portalimperanews.

Prefeito de Imperatriz pede fábrica da Piracanjuba para a cidade

Nenhum comentário
Prefeito afirma que a cidade costuma ser generosa para com os bons empreendimentos. (Foto: Assessoria)
IMPERATRIZ - A assessoria de comunicação da Prefeitura de Imperatriz divulgou, nesta quinta-feira (10), um vídeo no qual o prefeito Assis Ramos pede a instalação de uma fábrica da empresa Piracanjuba na cidade. Segundo informações, o secretário do Desenvolvimento Econômico do Município, Eduardo Soares Sousa, se reuniu, em Goiânia, com os diretores da indústria de laticínios levando, em mãos, o convite especial do prefeito.

A prefeitura informou que já existe um projeto da Piracanjuba, em parceria com uma rede de supermercados, para operar as antigas instalações da Cooperativa do Leite, localizada no bairro Bacuri. No entanto, Assis Ramos quer que a indústria goiana instale uma das suas futuras plantas na cidade com o objetivo de gerar mais empregos e potencializar a bacia leiteira na região.

No vídeo, o prefeito afirma que a cidade costuma ser generosa para com os bons empreendimentos e dá boas vindas para a empresa, que possui 62 anos de existência e vive uma grande fase de expansão.

Confira a mensagem gravada pelo prefeito, direcionada aos diretores da Piracanjuba:



“As potencialidades de Imperatriz são visíveis e bem direcionadas para o negócio da Piracanjuba. Somos a parte maior do segundo principal rebanho de bovinos do Nordeste e temos uma bacia leiteira já formada e que muito se ampliará a partir da instalação de vocês aqui.

Rodovias, ferrovias, aerovias, hidrovia, infovias, troncos de energia elétrica que servem a todo o Brasil… Enfim, uma logística completa, como suporte para esse empreendimento.

Da nossa parte, temos o maior interesse. Estamos dispostos a colaborar no que for possível. Imperatriz é sempre muito generosa para os bons projetos que aqui se instalam.

Sejam bem vindos!”

Acompanhe mais informações sobre mercado de trabalho no Portal ImperaNews e por meio da página na rede social: www.fb.com/portalimperanews.

Governo define cronograma para realizar concurso do Procon-MA

Nenhum comentário
Serão oferecidas vagas de nível superior para o cargo de fiscal. (Foto: Assessoria)
IMPERATRIZ - O Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor (Procon/MA) aprovou, nesta segunda-feira (7), o cronograma do edital de concurso público para o provimento de vagas para o cargo de fiscal. É a primeira vez, em 30 anos, que o Instituto realiza concurso para seu quadro de servidores.

De acordo com o presidente do Procon/MA, Duarte Júnior, a realização do certame é uma das prioridades do governo Flávio Dino. “Com uma gestão ética e transparente, estamos garantindo um serviço público mais qualificado em prol da melhoria da qualidade de vida de todos os maranhenses”, afirmou o presidente.

Serão oferecidas vagas de nível superior para o cargo de fiscal. As inscrições e as provas devem acontecer ainda este ano e serão realizadas pela Fundação Carlos Chagas.

Acompanhe mais informações sobre esse e outros concursos no Portal ImperaNews e por meio da página na rede social: www.fb.com/portalimperanews.

TRF prepara seletivo de estágio para Direito e Administração em Imperatriz

Nenhum comentário
A subseção do TRF fica localizada na Av. Tapajós, no Parque das Nações. (Foto: ImperaNews)
IMPERATRIZ - A subseção judiciária do Tribunal Regional Federal (TRF) em Imperatriz vai realizar processo seletivo para estágio de nível superior nas áreas de Direito e Administração. Nas últimas semanas, uma Portaria expedida pelo juiz federal substituto Giorgiano Neto foi criada com o objetivo de instituir a comissão de servidores que será responsável pelo planejamento, execução e acompanhamento do Programa de Estágio do TRF em Imperatriz.

O seletivo deverá prover vagas de estágio remunerado para formação de cadastro reserva, com atuação nas Secretarias de Vara ou Gabinete de Juízes Federais. A carga horário do estágio será de 20h semanais, conforme realizado em anos anteriores.

O último seletivo de estágio do TRF em Imperatriz foi realizado em 2015. O valor da bolsa de estágio era de R$ 900,00 acrescido de auxílio transporte.

Podem concorrer apenas estudantes devidamente matriculados nos referidos cursos, sendo que somente poderá ingressar no estágio aqueles que, na data da convocação para preenchimento da vaga, estejam cursando até o 9º período do curso.

Em 2015, a seleção foi feito por meio de provas objetivas, contendo 60 questões de múltipla escolha, com duração de 3 horas e 30 minutos. O estágio tem duração de um semestre, podendo ser prorrogado por igual período.

Confira outras informações na Portaria DISUB 05/2017 clicando aqui.

Acompanhe mais informações sobre esse e outros seletivos de estágio no Portal ImperaNews e por meio da página na rede social: www.fb.com/portalimperanews.

MPMA denuncia diretora de escola que cancelou matrícula de aluna com deficiência

Nenhum comentário
O Ministério Público pede a condenação de Maria Carmem Colombi. (Foto: Assessoria)
IMPERATRIZ - O Ministério Público do Maranhão ofereceu Denúncia, nesta terça-feira (8), contra a responsável pela escola Dom Bosco, Maria Carmem Colombi, por cancelar, de forma arbitrária, a matrícula de uma aluna com paralisia cerebral. Assina a denúncia o titular da 4ª Promotoria de Justiça em Defesa dos Direitos do Idoso e da Pessoa com Deficiência, Joaquim Ribeiro de Sousa Júnior.

O caso é de dezembro de 2013, quando a mãe da criança de sete anos tentou matricular a filha em várias escolas em Imperatriz mas não conseguiu efetivar a matrícula em nenhuma das instituições de ensino. Na época, a mãe procurou o Ministério Público do Maranhão para relatar a recusa das instituições em aceitar a criança, contrariando a Lei 7º.853/89, que criminaliza a recusa ou cancelamento de matrícula de pessoas com deficiência nas redes de ensino.

De posse das informações, o MPMA realizou investigação em parceria com a Polícia Civil e, após ouvir várias pessoas envolvidas, conseguiu provas de que a escola Dom Bosco cancelou, de forma arbitrária, a matrícula da criança, além de sujeitar a mãe a comentários preconceituosos.

De acordo com relatos da vítima, confirmados pela investigação, a escola pediu que a criança passasse por uma avaliação com a profissional de psicologia da instituição. Após a avaliação, a mãe relata que insistiu várias vezes para obter retorno da escola, quando então disseram que ela teria que falar pessoalmente com a diretora e co-proprietária da escola, Maria Carmem Colombi.

No encontro, a diretora perguntou se a mãe teria condições de pagar as mensalidades cobradas pela instituição, correspondentes a quase o dobro dos alunos que não sofrem de nenhuma deficiência. Entre outras perguntas constrangedoras, a diretora questionou sobre a religiosidade da mãe, afirmando que ela seria “católica de missa de sétimo dia”, dizendo ainda que “crianças assim vêm para que as pessoas fiquem mais próximas de Deus” e que devem ser educadas em casa, pela família, e não em uma instituição de ensino.

Apesar de terem aceitado a matrícula da aluna após a reunião, em 3 de fevereiro de 2014, antes mesmo do início do período letivo, a mãe foi informada de que a matrícula tinha sido cancelada em razão da deficiência da criança.

O promotor de justiça Joaquim Júnior salienta que a Constituição Federal veda a discriminação de qualquer natureza e afirma que a igualdade é um direito fundamental da pessoa humana. “A discriminação à criança com deficiência em estabelecimentos educacionais é injusta e perversa, não podendo ser tolerada. O educador que não pratica a inclusão não está preparado para educar verdadeiramente”, reitera o promotor.

O Ministério Público pede a condenação de Maria Carmem Colombi por cancelamento de matrícula de criança por conta da deficiência, sujeitando-a à pena de dois a cinco anos de reclusão. Além disso, o promotor garante que as investigações vão continuar para apurar a denúncia de que outras escolas também teriam se recusado a efetivar a matrícula da criança pelo mesmo motivo e que, após a coleta de provas suficientes, o MPMA tomará as medidas cabíveis.


Acompanhe mais informações sobre esse e outros concursos no Portal ImperaNews e por meio da página na rede social: www.fb.com/portalimperanews.
© Todos os direitos reservados
Desenvolvido para Portal ImperaNews