Governo realiza audiência pública para primeiro polo da UemaSul em Estreito

28 de abril de 2017

/ Redação ImperNews
População vai ajudar a definir os cursos que serão ofertados no polo de Estreito da Universidade Estadual da Região Tocantina (UemaSul).

 28/04/2017 às 17h52 - Redação ImperaNews, com informações da assessoria
Polo contempla 16 salas de aulas, biblioteca, auditório, laboratório e administrativo. (Foto: Divulgação/Assessoria)
IMPERATRIZ - O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), em parceria com a Prefeitura de Estreito, realiza, no próximo dia 3 de maio, audiência pública para definir em conjunto com a população os cursos que serão ministrados no polo de Estreito da Universidade Estadual da Região Tocantina (UemaSul). O evento acontece na Câmara Municipal de Estreito, às 16h, e vai contar com a presença do secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, e da reitora da UemaSul, Elizabeth Fernandes Nunes.

“É uma conquista muito importante para os estudantes novos, os veteranos e os professores da Universidade, porque poderemos estimular novas vocações científicas que contribuirão para desenvolver cientificamente e tecnologicamente o nosso Estado, também no município de Estreito”, disse o secretário.

Segundo o prefeito de Estreito, Cícero Neco Morais, o município está com grande expectativa. “É um grande passo para a implantação do polo da UemaSul em nosso município, para nós é motivo de muita alegria. Dialogar com o secretário Jhonatan Almada é importante para tratar das metas que serão traçadas para o município. Vamos iniciar com a audiência pública para que a comunidade possa decidir os cursos que deseja”, destacou o prefeito.

“Estamos nos últimos ajustes para entregar ao estado o prédio em que pode funcionar as instalações do polo da UemaSul. Ele contempla 16 salas de aulas, biblioteca, laboratório de informática, auditório, prédio administrativo. Com isso, cresce a parceria entre o município e o Governo do Estado. A universidade não vai contribuir somente com o aprendizado de Estreito, mas também com vários municípios vizinhos”, acrescentou Cícero Neco.

A Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UemaSul) foi criada pela Lei nº 10.525, de 3 de novembro de 2016, e teve sua área de abrangência fixada pelo Decreto Nº 32.396/2016.


Acompanhe mais informações sobre essa e outras notícias no Portal ImperaNews e por meio da página na rede social: www.fb.com/portalimperanews.
© Todos os direitos reservados
Desenvolvido para Portal ImperaNews