Prefeitura de Davinópolis inaugura conjunto habitacional Ivanildo Júnior

5 de julho de 2016

/ Redação ImperNews
O prefeito Ivanildo Paiva enfatizou que o desejo da gestão municipal era de viabilizar recursos para construção de mais de 200 unidades habitacionais.

 05/07/2016 às 00h06 - Redação ImperaNews, com informações da assessoria
40 famílias foram contempladas com o programa “Minha Casa, Minha Vida”. (Foto: Divulgação/Assessoria)
DAVINÓPOLIS - Representantes da Prefeitura de Davinópolis, acompanhados de secretários municipais, vereadores, lideranças comunitárias e políticas entregaram, na última sexta-feira (1º), 40 unidades habitacionais do programa “Minha Casa, Minha Vida”, na Vila Santa Lúcia, em Davinópolis.

O ex-prefeito Daniel Alves Silva também prestigiou a cerimônia de inauguração do residencial Ivanildo Júnior, na Vila Santa Lúcia. E citou que foi o primeiro gestor a entregar casas populares à comunidade de Davinópolis. “Esse é um sonho realizado pelo governo municipal, pois não existe coisa melhor que o cidadão ter sua casa própria”, disse.

Alves Silva disse que “tem acompanhado o trabalho desenvolvido pelo prefeito Ivanildo Paiva que atua de forma séria e competente, fato que tenho que parabenizá-lo pela brilhante gestão a frente da Prefeitura de Davinópolis”.

A secretária de Desenvolvimento Social (Sedes), Marinalva Melo, comentou o esforço da gestão municipal em viabilizar o projeto de construção das 40 unidades habitacionais do programa “Minha Casa, Minha Vida”. “Nós tivemos a primeira construtora que iniciou o serviço, sendo necessária a contratação de outra empresa para a conclusão da obra”, disse.

“A meta da gestão municipal é pavimentar [asfalto ou bloquete] essas duas vias do conjunto habitacional Ivanildo Júnior, melhorando a qualidade de vida da população do novo residencial”, reiterou ela.

O prefeito Ivanildo Paiva enfatizou que o desejo da gestão municipal era de viabilizar recursos para construção de mais de 200 unidades habitacionais pelo “Minha Casa, Minha Vida” em Davinópolis. “O governo federal tem limite e o programa baseia-se no número de habitantes de cada unidade federativa”, disse.

O prefeito comparou que municípios como João Lisboa, Senador La Rocque e Buritirana, maiores até que a cidade de Davinópolis, não conseguiram os recursos necessários para construção dessas moradias destinadas a comunidade de baixa renda.
© Todos os direitos reservados
Desenvolvido para Portal ImperaNews