Internautas reclamam de currículos de candidatos jogados no lixo

4 de março de 2016

/ Redação ImperNews
Fotos circulavam pela rede mostrando currículos jogados no lixo, em frente a sede do Sine e do Ministério do Trabalho e Emprego no município.

 04/03/2016 às 21h30 - Diego Sousa / ImperaNews
Atitude do Sine de Açailândia gerou indignação nas redes sociais. (Foto: Reprdoução/Facebook)
AÇAILÂNDIA - Na tarde desta sexta-feira (4), quem acompanhou as redes sociais na região pode ver a insatisfação de diversos internautas com uma atitude realizada pelo Sine municipal de Açailândia. Fotos circulavam pela rede mostrando vários currículos profissionais jogados no lixo, em frente a sede do Sine e do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) no município.

Apesar de o Sine ter alegado que os currículos foram descartados após a digitalização dos dados dos candidatos, muitas pessoas se sentiram desrespeitadas por causa da exposição de informações. "Cidadão sendo tratado como lixo. Você sai de casa em busca de emprego, quando chega no Sine se depara com isso, aí a revolta e ao mesmo tempo o desanimo batem. Onde recorrer, se quem deveria lhe ajudar faz isso com você?", questionou um dos internautas que compartilhou as fotos.

O blogueiro de Açailândia Gilberto Freire disse, em sua rede social, que ficou indignado com a situação, pois a exposição indevida de dados pessoais do cidadão é crime. "Falta de respeito. Quem trabalha nesse órgão deveria saber que esse tipo de documento deve ser incinerado após ter sido cadastrado no sistema digital", afirmou.

Em Imperatriz, o compartilhamento das imagens na internet gerou boatos. Muitos internautas chegaram a afirmar que os currículos haviam sido jogados no lixo pelas empresas e organizadores de uma feira de empregos, realizada na manhã desta quinta-feira (3), por uma faculdade particular.

Os boatos foram desmentidos, após a confirmação de que o fato teria ocorrido no município vizinho.

Esclarecimentos
A Prefeitura de Açailândia informou, por meio de nota, que os currículos cadastrados pelo Sine, mesmo sendo de 2009, todos estão devidamente cadastrados no sistema da secretaria. Ainda segundo a gestão, "o remanejamento dos currículos se deu em função de que o PROCON estará funcionando a partir de segunda-feira, dia 7 de março, na Secretaria de Indústria e Comércio".

A assessoria da prefeitura não comentou sobre a exposição de informações dos trabalhadores.

© Todos os direitos reservados
Desenvolvido para Portal ImperaNews