UFMA e Uema realizam 1º Simpósio de Botânica da Região Tocantina

15 de abril de 2015

/ Redação ImperNews
O evento pretende divulgar conhecimentos botânicos produzidos pelos acadêmicos da Licenciatura em Ciências Naturais e Ciências Biológicas.

 15/04/2015 às 13h25 - Redação ImperaNews, com informações da assessoria
O evento ocorrerá no campus avançado do Bom Jesus, em Imperatriz. (Foto: Reprodução/Internet)
IMPERATRIZ – A Região Tocantina terá seu primeiro simpósio sobre botânica, realizado nos dias 16 e 17 de abril. O evento é fruto de uma parceria entre acadêmicos dos cursos de Licenciatura em Ciências Naturais (Biologia), da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), e do e o curso de Ciências Biológicas, da Universidade Estadual do Maranhão (Uema).

Com o tema "O conhecimento Botânico no Cerrado e Amazônia”, o simpósio tem o objetivo de propiciar aos alunos a complementação dos assuntos botânicos, com o foco principal na flora tocantina, além de divulgar conhecimentos da área produzidos pelos acadêmicos da região.

O evento será realizado no campus avançado da UFMA, no bairro Bom Jesus. A programação conta com os minicursos “Iniciação ao Desenho Botânico: Flora Botânica”, “Métodos Extrativos e Análise Fitoquímica de Plantas Medicinais e Técnicas de Coleta” e “Herborização de Material Botânico”, além de palestras.

As inscrições estão sendo realizadas na coordenação do curso de Ciências Naturais, no Campus do Bom Jesus, e custam de R$ 10 sem minicurso ou R$ 15 com minicurso.

Botânica
O simpósio é alusivo ao Dia Nacional da Botânica, que é comemorado dia 17 de abril. A data foi instituída no dia 24 de maio de 1994, em homenagem aos 200 anos do nascimento do naturalista alemão Carl Friedrich Philipp Von Martius (1794-1868). O naturalista chegou ao Brasil em 1817, como parte da comitiva que acompanhou a Imperatriz Leopoldina, esposa de Dom Pedro I.

Viajando durante três anos pelo País e percorrendo mais de 10 mil quilômetros, Martius coletou inúmeros representantes da flora, os quais depois foram devidamente catalogados e descritos na Flora Brasiliensis, obra que contou com a participação de mais de 60 especialistas. Na coleção, são descritas 22.767 espécies, representando as plantas conhecidas no País até o século XIX. A Flora Brasiliensis é uma referência para a botânica brasileira e encontra-se disponível online.
© Todos os direitos reservados
Desenvolvido para Portal ImperaNews