Uema: conheça as obras literárias que serão cobradas no Paes 2016

18 de abril de 2015

/ Redação ImperNews
Começa no dia 27 de abril o prazo para solicitação de isenção do pagamento da taxa de inscrição no Paes 2016.

 18/04/2015 às 17h56 - Diego Sousa / ImperaNews
Mais de 33 mil candidatos participaram do vestibular Paes 2015. (Foto: Reprodução/Internet)
MARANHÃO - Estudantes interessados em participar do próximo vestibular da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) devem ficar atentos. Os nomes das três obras literárias de leitura obrigatória para o Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (Paes 2016) já foram anunciados pela universidade. Questões relacionadas a esses livros serão cobradas, nas duas etapas, na prova da disciplina de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira.

A Rosa do Povo - Publicado em 1945, pelo poeta brasileiro Carlos Drummond de Andrade, o livro A Rosa do Povo contém 55 poemas e é considerada a primeira obra madura e de maior expressão do lirismo social e modernista. Clique aqui para baixar este livro.

Vidas Secas - O livro do famoso autor brasileiro Graciliano Ramos é a obra de ficção de maior sentimento e proximidade com a terra nordestina, principalmente pela essência humana e comovente. Vida Secas, escrito no ano de 1938, representa, ainda, uma evolução na obra de Graciliano Ramos quanto ao estilo e à qualidade estritamente literária. Clique aqui para baixar este livro.

Auto da Barca do Inferno - A obra é uma peça teatral, escrita em 1517, pelo poeta Gil Vicente, considerado o primeiro grande dramaturgo português. Também conhecido como o Auto da Moralidade, o livro é a primeira parte da chamada trilogia das barcas. Clique aqui para baixar o livro.

Isenção

Começa no dia 27 de abril o prazo para solicitação de isenção do pagamento da taxa de inscrição no Paes 2016. De acordo com a Uema, o período de isenção encerra no dia 22 de maio.

As vagas nos cursos de graduação serão relativas ao primeiro e segundo semestres de 2016, sendo oferecidas nos campi de Imperatriz, São Luís, Caxias, Bacabal, Balsas, Santa Inês, Açailândia, Pedreiras, Timon, Grajaú, Colinas, Lago da Pedra, Presidente Dutra, Itapecuru-Mirim, Zé Doca, São João dos Patos, Barra do Corda, Pinheiro, Coelho Neto, Codó e Coroatá.

Em 2015, mais de 33 mil candidatos disputaram as 3.489 vagas oferecidas nos cursos presenciais da Uema, em todo o Estado. No campus de Imperatriz foram oferecidas 435 vagas, em 12 cursos. O número de inscritos foi de 3,6 mil.

© Todos os direitos reservados
Desenvolvido para Portal ImperaNews