Trabalhadores de indústria de celulose buscam apoio do Governo do Estado

6 de março de 2015

/ Redação ImperNews
O objetivo é conseguir a liberação da Carta Sindical, que dá legitimidade para que o sindicato represente oficialmente a categoria.

 06/03/2015 às 14h30 - Redação ImperaNews, com informações da assessoria
O Sindcelma foi criado há quase um ano, em Imperatriz. (Foto: Divulgação/Assessoria)
IMPERATRIZ - Diretores do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Celulose e Papel do Sul do Maranhão (Sindcelma) estiveram reunidos com o secretário estadual do Trabalho e Economia Solidária, Julião Amin, na última segunda-feira (2), na capital, para buscar apoio do Estado quanto à liberação da Carta Sindical, que é um documento cedido pelo Ministério do Trabalho e Emprego, e que dá legalidade para que o sindicato responda oficialmente pelos funcionários.
De acordo com o presidente do Sindcelma, Anthony Dantas, os trabalhadores querem evitar que um sindicato de outra região continue demandando as necessidades da categoria, por isso o novo sindicato foi criado. “Já estamos no segundo acordo coletivo, mas os trabalhadores estão sem participação efetiva nas negociações com a empresa”, afirma o presidente.

Durante a reunião, o secretário se mostrou preocupado com a situação dos trabalhadores e se comprometeu em fazer o possível para ajudá-los, a fim de resguardar os direitos da categoria.

O novo sindicato existe há quase um ano e já alcançou muitas conquistas para os trabalhadores. “Nós lutaremos incansavelmente para legalizar o desejo dos trabalhadores e não desistiremos”, acrescenta Anthony. Ele acredita que a categoria precisa de representantes da própria região, que conheçam as necessidades reais dos trabalhadores e têm experiência para lutar pelos direitos.
© Todos os direitos reservados
Desenvolvido para Portal ImperaNews