Brasil é o 2º país com mais ordens judiciais para remoção de conteúdo no Twitter

21 de fevereiro de 2015

/ Redação ImperNews
O conteúdo dos tuítes excluídos eram, em sua maioria, relacionados às campanhas eleitorais do mês de outubro do ano passado.

 21/02/2015 às 09h05 - Letícia Sekitani / ImperaNews
As informações foram retiradas do relatório de transparência divulgado pelo Twitter. (Foto: Reprodução Internet)
Atrás somente da Turquia, o Brasil conta com 101 tuítes de usuários do site retidos no segundo semestre de 2014, ou seja, essas mensagens foram bloqueadas na rede brasileira. Outros 27 foram removidos do site por ordem judiciária. Os dados são do relatório de transparência do Twitter.

As ordens judiciárias para a remoção de conteúdo no Brasil foram, quase 70%, motivadas por questões que envolveram campanhas eleitorais. Dezoito das 27 publicações removidas eram relacionadas com as eleições de outubro de 2014.

Na Turquia, 328 determinações foram acatadas e os tuítes excluídos. As decisões apontavam para violação de direitos pessoais a difamação de cidadãos ou oficiais do governo. Em março do ano passado, o país quase teve a rede social bloqueada.

O Twitter recorreu em mais de 70% dos casos, alegando, sobretudo, interferência na liberdade de expressão, mas suas objeções prevaleceram em cerca de 5% das vezes.
© Todos os direitos reservados
Desenvolvido para Portal ImperaNews