Servidores do judiciário organizam protesto contra descontos no salário

17 de novembro de 2015

/ Redação ImperNews
De acordo com os grevistas, haverá protesto, também, contra a atual administração do TJMA, na pessoa da Desembargadora Cleonice Freire.

 17/11/2015 às 18h02 - Redação ImperaNews, com informações da assessoria
Servidores do judiciário deflagaram greve no início do mês de outubro. (Foto: Divulgação/Assessoria)
IMPERATRIZ - Em greve há mais de 30 dias, servidores do judiciário maranhense organizam protesto para a manhã desta quarta-feira (18), na porta dos diversos fóruns das comarcas do Estado. Com seus respectivos contracheques nas mãos, os profissionais denunciarão a atitude arbitrária do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) em cortar o ponto dos servidores grevistas e fazer descontos na folha de pagamentos.

De acordo com os grevistas, haverá protesto, também, contra a atual administração do TJMA, na pessoa da Desembargadora Cleonice Freire.

Corte no Ponto
Na manhã desta terça-feira (17), a direção do Sindicato dos Judiciários do Maranhão (Sindjus-MA) protocolou no TJMA petição que solicita a abstenção do Tribunal em proceder ao corte de ponto dos servidores em Greve, bem como efetuar descontos nos vencimentos dos servidores grevistas, enquanto perdurar o movimento.

A assessoria jurídica do sindicato protocolou, ainda, em ambas as ações, no mandado de segurança 51639/2015 (para que não seja cortado o ponto dos servidores grevistas) e na Ação Civil Pública 54844/2015 (Contra a Ação da PGE pedindo a ilegalidade da greve).

Através das petições, o sindicato quer informar aos desembargadores que o corte, sem decisão judicial, é uma atitude arbitrária.
© Todos os direitos reservados
Desenvolvido para Portal ImperaNews