Justiça pede suspensão imediata de concurso público da Dataprev

11 de fevereiro de 2015

/ Redação ImperNews
O concurso da Dataprev foi aberto em novembro de 2014, com 4.019 vagas para cadastro de reserva, em cargos de nível médio e superior.               

 11/02/2015 às 10h41 - Diego Sousa / ImperaNews
Foram reaplicadas provas diferentes para candidatos do mesmo cargo. (Foto: Reprodução/Internet)
BRASIL – A Justiça Federal determinou a suspensão imediata do concurso público da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev), que ofereceu mais de 4 mil vagas para cadastro de reserva, em cargos de nível médio e superior. Por meio da decisão, a Dataprev fica impedida de homologar o concurso, sob pena de multa diária de R$ 5 mil.

A medida foi tomada após o pedido do Ministério Público Federal em Rondônia, que investigou e alegou a presença de irregularidades nas provas que foram aplicadas em Porto Velho (RO), prejudicando os candidatos que realizaram as avaliações.

A Justiça entendeu que foi desrespeitado o princípio de igualdade, já que foram aplicadas provas diferentes entre candidatos do mesmo cargo, devido a violações nos protocolos de segurança do concurso.

O concurso da Dataprev foi aberto em novembro de 2014, com 4.019 vagas para cadastro de reserva, em cargos de nível médio e superior, com salários de R$ 3,1 mil a R$ 6,4 mil, além de benefícios. A banca organizadora do concurso é o Instituto Quadrix. O número para consulta processual na Justiça Federal é 0000962-52.2015.4.01.4100.
© Todos os direitos reservados
Desenvolvido para Portal ImperaNews