A+ A- P
Foram celebrados 1.112 acordos durante o evento. O valor total das dívidas levadas para o “Balcão de Renegociação de Dívidas” foi calculado em R$ 4 milhões.

 30/03/2016 às 22h08 - Divulgação / TJMA
O volume de renegociações foi bastante significativo durante o evento. (Foto Ribamar Pinheiro)
IMPERATRIZ - O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) registrou mais de R$ 2 milhões em acordos entre clientes, empresas e instituições, durante o “Balcão de Renegociação de Dívidas”, realizado em Imperatriz, no Imperial Shopping, entre os dias 15 e 18 deste mês.

O presidente do TJMA, desembargador Cleones Cunha, que compareceu à abertura da programação, reafirmou o apoio da Corte à iniciativa, implementada pelo Núcleo de Conciliação do Poder Judiciário através do programa “Consumidor Adimplente – Cidadão com Plenos Direitos”.

Foram celebrados 1.112 acordos durante o evento. O valor total das dívidas levadas para o “Balcão de Renegociação de Dívidas” foi calculado em R$ 4 milhões, e o valor renegociado foi de R$ 2,2 milhões. A Secretaria da Fazenda do Estado contabilizou o maior índice de negociações (148); a Secretaria da Fazenda e Gestão Orçamentária renegociou o maior valor (R$ 239 mil);o Bradesco registrou a dívida originária mais vultosa (R$ 527 mil) e o Itaú foi a instituição financeira que ofereceu o maior desconto em juros na celebração de acordos, chegando a 99%.

O presidente do Núcleo de Solução de Conflitos, desembargador José Luiz Almeida, acompanhou as atividades desenvolvidas no local e agradeceu a participação das empresas e instituições parceiras, em especial o Procon – responsável pela organização da Semana Estadual de Prevenção e Combate ao Superendividamento” - com o qual o Judiciário firmou parceria na realização do Balcão.

“Esse foi um trabalho coroado de êxito em que os cidadãos tiveram a oportunidade de negociar dívidas com valores menores e de forma facilitada. Nada disso seria possível sem o valioso apoio dos parceiros, principalmente o Procon”, frisou o magistrado.

Almeida parabenizou o trabalho da coordenadora do Polo de Conciliação de Imperatriz, juíza Ana Beatriz Maia, que comandou a organização do Balcão, juntamente com a equipe do 2º Juizado Especial Cível.

Entre as empresas e instituições que estiveram presentes no evento, incluem-se Armazém Paraíba, Associação Comercial e Industrial, Associação de Direito do Consumidor da OAB, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Centro de Apoio aos Pequenos Empreendimentos (Ceape), Cemar, Caema, Credishop, Educação Adventista, Facimp, Faculdade de Educação Santa Terezinha (FEST), Friobom, Imperial Shopping, Itaú, Ótica Maia e Secretaria da Fazenda (Sefaz), Secretaria da Fazenda e Gestão Orçamentária (Sefazgo), Secretaria da Receita Estadual e Municipal, Unimed, Unisulma e Voz Gestão de Cobrança.

O evento contou com o apoio da Coordenadoria dos Juizados Especiais, da Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão e do Núcleo de Conciliação do TJMA.

Redação Imperanews

Tecnologia do Blogger.