Facimp divulga nota de esclarecimento sobre boato contra a Suzano

4 de dezembro de 2015

/ Redação ImperNews
Segundo a faculdade, pessoas estavam utilizando a internet para afirmar que a Suzano estaria produzindo e lançando fumaça com efeito tóxico na atmosfera.

 04/12/2015 às 16h20 - Redação ImperaNews
As informações teriam sido divulgadas em redes sociais. (Foto: Divulgação/Assessoria)
IMPERATRIZ - A Faculdade de Imperatriz (Facimp) divulgou, na tarde sexta-feira (4), comunicado oficial para prestar esclarecimentos e desmentir os boatos de que estudantes da instituição teriam realizado uma pesquisa sobre a qualidade do ar de Imperatriz e atribuído a fumaça à empresa Suzano Papel e Celulose.

Segundo a faculdade, pessoas estavam utilizando a internet para afirmar que a Suzano estaria produzindo e lançando fumaça com efeito tóxico na atmosfera. As informações teriam sido divulgadas em redes sociais.

Em nota, a Facimp disse que as informações são improcedentes e considera os boatos como maldosos e infundados. A instituição informou, também, que não dispõe de meios para realizar pesquisas relacionadas à qualidade do ar.

Confira a nota de esclarecimento na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A FACIMP – Faculdade de Imperatriz, através do presidente de sua mantenedora, Dr. Antônio Leite Andrade, torna público por meio desta, que o boato divulgado em redes sociais envolvendo a empresa SUZANO PAPEL E CELULOSE, dando conta de que a mesma estaria produzindo e lançando sobre a atmosfera da cidade de Imperatriz fumaça com efeito tóxico, é improcedente e consideramos tal boato maldoso e infundado.

Informamos ainda, que a FACIMP não dispõe de meios para realizar pesquisa relacionada a qualidade do ar. 

Imperatriz – MA, 03 de dezembro de 2015.

Dr. Antônio Leite Andrade
Presidente da ARTEC
© Todos os direitos reservados
Desenvolvido para Portal ImperaNews